Como funciona o TIM Music

Quer assinar o TIM Music? Então confira as regras e saiba como aproveitar o serviço da melhor forma

Os serviços de download de música são alguns dos mais procurados pelos usuários das operadoras de celular, como a TIM.

Isso porque a reprodução de música pelos dispositivos acontece quase o tempo todo: na rua, no carro, na academia, no trabalho, etc.

É para atender a essas pessoas que foi criado o TIM Music: essa é uma plataforma que funciona em parceria com o Deezer, outro gigante quando se fala de streaming de música.


Saiba já como o TIM Music funciona, quanto custa e o que os usuários da operadora precisam fazer para utilizá-lo.


O que é o TIM Music?

Trata-se de um serviço pago que é oferecido somente a quem usa os chips da TIM.

Com ele, o usuário pode ouvir música online e, o que mais agrada aos clientes, pode baixar essas músicas para o seu dispositivo.

Fazendo isso, elas estarão disponíveis para serem reproduzidas mesmo sem internet, já que farão parte dos arquivos do celular.

A plataforma funciona em conjunto com o Deezer, que tem milhões de usuários e muitos artistas cadastrados, com o seu repertório à disposição.

Pode-se encontrar músicas de artistas nacionais e internacionais, de vários estilos e tudo com uma navegação simplificada.

Como funciona o TIM Music


Quais são os valores dos planos Tim Music?

As pessoas podem ser assinantes ou não do serviço e isso faz com que haja diferença de cobrança.

Para quem é assinante de plano Liberty, o valor mensal é de R$ 9,90; para os que usam o Liberty ou o Infinity Controle, o valor é cobrado por semana e são R$ 2,90.

Se o cliente usa plano pré-pago da Liberty, ele também terá cobrança mensal e ela é de R$ 12,90, com a vantagem de que só há pagamento no mês em que o TIM Music for utilizado.

Para os que usam o pré-pago Infinity Music, a cobrança é diária e de R$ 0,50, também ocorrendo só nos dias em que a plataforma é ativada para download ou para streaming.


Como funciona o armazenamento e a atualização de músicas no TIM Music?

A maioria dos usuários quer uma plataforma de música que seja completa, mas que não ocupe espaço demais e o TIM Music atende a isso, já que te somente 6MB de tamanho.

Dessa maneira, ele pode ser instalado até em aparelhos que estão com a memória limitada.

Tanto o Deezer quanto a TIM sabe que os usuários querem baixar e ouvir as músicas mais atualizadas e que surgem novos hits a cada semana.

É por causa disso que o TIM Music tem atualização semanal: a cada sete dias, aproximadamente, novas músicas estão disponíveis, sejam elas de que estilo for.

Além disso, o valor para baixar ou ouvir online qualquer música, seja lançamento ou não, é o mesmo.


Como usar o TIM Music?

Há duas formas de o internauta acessar essa plataforma de streaming e a primeira é indo até a Apple Store ou à Google Play Store e digitando “TIM Music” na busca; depois que o app surgir, basta que ele seja instalado.

O mais comum, entretanto, é que o próprio chip já traga essa plataforma dentre os seus serviços e é só ir ao menu correspondente.

Quando o smartphone já vem de fábrica com o chip dessa operadora, o app TIM Music já deve estar instalado e com o seu ícone visível na tela.


Como funciona o compartilhamento e o limite de downloads do TIM Music?

Além de ouvir música, os internautas podem criar toques com essa plataforma e esses toques são usados como aviso de mensagens, de ligações, etc.

Entretanto, como a maioria das pessoas quer compartilhar coisas, fica a questão: as músicas e toques vindos do TIM Music podem ser compartilhados?

A resposta é “não”: todos os arquivos de áudio dessa plataforma são salvos apenas no celular e configurados de forma a não ser possível nem mesmo copiá-los para outro lugar.

Isso significa que uma pessoa que baixou determinada música para seu smartphone com essa plataforma não poderá, por meio de cabo USB, Bluetooth, etc., passar a música nem mesmo para o seu próprio computador: ela só poderá ser ouvida no celular de origem.

Mais uma coisa que os usuários não poderão fazer é gravar essas músicas em algum CD, por exemplo: a tecnologia usada nessa plataforma da TIM impede essa atividade.

Como funciona o TIM Music


Como cancelar o TIM Music?

Os indivíduos que não têm assinatura devem apenas não acessar mais o TIM Music, uma vez que a cobrança é feita por dia ou por semana de uso.

Já para quem tem uma assinatura, basta escrever um SMS com “SAIR” (não se deve colocar nenhuma palavra além dessa) e encaminhar para 8000.

A operadora manda uma mensagem dizendo que a assinatura foi cancelada com sucesso.

É possível assinar novamente o TIM Music quando a pessoa quiser ou usar esporadicamente e pagar por acesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *